61ª Semana Gustavo Teixeira acontece de 14 a 22 de setembro

SEMANA GUSTAVO TEIXEIRA   A 61ª edição da Semana Gustavo Teixeira, evento cultural mais importante de São Pedro, será realizada de 14 a 22 de setembro.  Apresentação de música, contação de história, apresentação de curta-metragem, mostra paralela do Salão de Humor de Piracicaba, Salão de Humor de São Pedro, exposição de artes plásticas, concurso de poesia, Café Musical Especial, circuito de violão, lançamento de livro e homenagem na herma do poeta Gustavo Teixeira estão na programação do evento que presta homenagem ao poeta que nasceu e viveu em São Pedro e foi eleito para a Academia Paulista de Letras. A coordenadora de Cultura de São Pedro, Sandra Golinelli, destaca que o ponto alto da semana é o concurso de poesias declamadas de Gustavo Teixeira e as apresentações de poesias inéditas. Na sexta-feira, dia 5, acontece a primeira eliminatória do concurso de declamação de poesias de Gustavo Teixeira, que tem três categorias: infantil (6 a 9 anos), juvenil (10 a 14 anos) e acima de 15 anos. Para as poesias inéditas, também há três categorias: 6 a 10 anos; 11 a 15 anos e acima de 15 anos. Os vencedores serão conhecidos no dia 19. O concurso, realizado em parceria com a Secretaria de Educação, começa nas escolas, que fazem uma pré-seleção dos alunos que participam da declamação.  No caso das poesias inéditas, a maior parte dos 140 trabalhos de 2014 foi elaborada por adolescentes. MÚSICA - A apresentação da Corporação Musical Charqueadense abre a programação da Semana Cultural Gustavo Teixeira, no domingo, dia 14, às 10h30, no Boulevard de Artes e Artesanato “Dona Hermelinda”, na praça da matriz. Na segunda-feira, dia 15, às 15h, haverá contação de histórias com Helena Righi Peixe na Emeb (Escola Municipal de Ensino Básico) Ricarda de Paiva Lima Berzin, no bairro Theodoro Souza Barros; na terça, dia 16, às 15h, a contação será na Emeb Guido Dante, no bairro São Tomé. Também na terça-feira, dia 16, às 19h, no Cine Teatro Shopping São Pedro, acontece a Mostra Livre de Cinema, com apresentação de curta-metragens e bate-papo. Na quarta-feira, dia 17, às 15h, a contação de histórias acontece na Emeb Dr. Celso Silveira Mello, no bairro Vertentes das Águas. Na quinta-feira, às 20h, no Museu Gustavo Teixeira, será realizado coquetel de abertura da Mostra Paralela do Salão de Humor de Piracicaba, dos trabalhos selecionados do 1º Salãozinho de Humor de São Pedro e da exposição de artes plásticas de óleo sobre tela produzidos por artistas locais. No dia 19, sexta-feira, às 15h, o projeto “Conta uma história pra mim” será na Biblioteca Municipal e às 19h30, no Cine Teatro Shopping São Pedro acontece o concurso de poesias, a premiação dos ganhadores do 1º Salãozinho de Humor de São Pedro e apresentação musical. No sábado, às 16h, o destaque é o Café Musical Especial, com a 8ª Primavera dos Museus, apresentação do Artes Trio e lançamento dos livros “A Música Vinha da Sala...”, de Márcia Esteves Modesto e “Objetos Tangíveis” – Poemas, de Rogério de Paula. No domingo, dia 21, às 10h30, no Boulevard de Artes e Artesanato “Dona Hermelinda”, a apresentação será da Banda Musical Jovem de Bom Jesus dos Perdões, como parte da programação Banda na Praça. No dia 22, data da morte de Gustavo Teixeira, em 1937, acontece a última atividade programada nesta 61ª edição da Semana Cultural: uma homenagem dos alunos da Emeb Joaquim Norberto de Toledo na herma do poeta, localizada na praça Gustavo Teixeira.  GUSTAVO TEIXEIRA – Nascido em São Pedro no dia 4 de março de 1881, no sítio São Francisco, Gustavo Teixeira foi um poeta de tendências literárias entre o parnasianismo e simbolismo. Conhecido como o Poeta das Rosas, começou a fazer versos aos 12 anos e morou alguns anos em São Paulo. Publicou seus primeiros sonetos no Correio Paulistano e colaborou com jornais de Piracicaba e Campinas . Escreveu também para o jornal  Comércio de São Paulo e para várias revistas culturais existentes no início dos anos 1900. Também foram publicados versos em Portugal e em Estocolmo. Quando morreu, vítima de pneumonia, em 1937, havia sido eleito para a Academia Paulista de Letras, mas não chegou a tomar posse. Nesta época também dedicava-se a elaboração do livro “Último Evangelho”, uma coleção de mais de 200 sonetos inspirados em passagens bíblicas.
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.