2ª etapa da castração de cães e gatos será neste domingo, dia 10

DSC_6158

A segunda etapa do Programa Social de Castração de Cães e Gatos, ação realizada pela Prefeitura de São Pedro, acontece no domingo, dia 10 de abril, com a castração de 166 animais previamente cadastrados. Serão atendidos 74 cadelas, 27 cães, 46 gatas e 19 gatos.

No ano passado, 219 pessoas interessadas na ação fizeram o cadastro para a castração de 516 animais. Na primeira etapa do programa, realizada em março, foram atendidos 120 animais.

O programa, realizado com apoio da Câmara Municipal e grupos de defesa e proteção aos animais, atende à Lei Municipal 3.138, que tem entre os objetivos a esterilização de animais de famílias de baixa renda e consequentemente a redução da população de cães e gatos nas ruas, além de incentivar a posse responsável desses animais que serão identificados por meio da implantação gratuita de microchips.

Além da castração, os animais recebem um microchip, que permite, de maneira simples,  a identificação do animal que, se encontrado em vias públicas, poderá  gerar advertência ao proprietário, baseado no Artigo 32, Capítulo V, da Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1988, o qual considera crime os maus tratos aos animais.

Os proprietários dos animais são orientados pelo Controle de Vetores, da Vigilância Epidemiológica, departamento da Secretaria Municipal de Saúde e Desenvolvimento Social, e retiram os agendamentos na Secretaria de Saúde, quando também recebem orientações sobre o pré-cirúrgico.

Como o programa é social, o atendimento programado pelo Controle de Vetores priorizou proprietários de animais com renda menor, mas todos os cadastrados no ano passado serão atendidos. A intenção é que este importante programa de saúde pública atenda o maior número possível de animais.

Os animais devem ser levados pelos proprietários ao Centro de Castração, na avenida Paschoal Antonelli, s/nº, próximo ao Centro de Convenções, no local e dia agendado. Os que não comparecerem perderão o direito à cirurgia.

Entre as orientações dadas aos proprietários em relação aos cuidados pré-cirúrgicos está a necessidade de deixar o animal em jejum pelo período de 12 horas que antecede a cirurgia. Nem água deve ser dada ao animal neste período.

É preciso chegar ao local da cirurgia no horário agendado e permanecer até a liberação pelos veterinários. Outra informação importante é que o proprietário deverá providenciar o colar elisabetano para evitar a retirada dos pontos e do curativo pelo animal. Só serão realizadas as cirurgias dos animais previamente cadastrados.

CADASTRO – Os responsáveis pelo agendamento das castrações informam que muitos dos telefones indicados nos cadastros não atendem e pedem para que os que fizeram o cadastro atualizem os dados, se for o caso, na Secretaria de Saúde, Setor de Endemias.

Entre os animais que serão castrados neste fim de semana estão dois gatos, um macho e uma fêmea, de Amanda do Amaral, moradora do bairro Recanto das Águas. “O programa é excelente”, diz ela.

Marilda Araújo, moradora do São Benedito, também vai levar dois de seus 11 gatos para serem castrados. “Vai ser bom porque em certos períodos eles miam muito no quintal”, disse.

DSC_6157

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.