120 animais foram castrados nessa primeira etapa pela Prefeitura de São Pedro

Com apoio da Câmara Municipal e grupos de defesa dos animais, Programa Social é realizado pela primeira vez; Outras etapas serão realizadas em breve

“Nenhuma outra administração teve esta iniciativa. Parabéns ao prefeito Helinho Zanatta que concretizou uma espera de anos e que vem mudando a cidade para melhor”, destacou Juliano Cesar Salgado, cuidador de chácara e morador há 18 anos em São Pedro, e que levou dois dos seus seis animais para castração. “Uma conquista importante para quem tem animais”, ressaltou.

Assim se mostraram os donos de animais que estiveram sábado, no Centro de Castração, levando seus animais nesta primeira etapa realizada pela Prefeitura de São Pedro com apoio da Câmara Municipal de Vereadores e de grupos de defesa aos animais.

Ao total, foram cadastrados previamente mais de 500 animais, sendo atendidos 120 nesta primeira etapa, que além da castração, receberam microchips de identificação implantados para posse responsável. “Temos que cuidar bem dos nossos animais e foi tudo maravilhoso o trabalho da prefeitura. Esta é uma oportunidade que colabora conosco e ajuda na diminuição de animais soltos pelas ruas. Atitudes assim só devem crescer e acreditamos nesta gestão que irá realizar ainda muito mais” disse Anedina Cardoso de Melo, do lar, e que teve 1 gata e 1 cadela castradas. “O custo para nós também é um ponto importante, e isso veio ajudar neste momento de crise onde tudo está caro. Só temos elogios aqui em casa”, continuou.

Para o presidente da Câmara Municipal, Alex Siloto, que representa todos os demais edis, Adriano Vitor, Branco, Dingão, Du Sorocaba, Elias Candeias, Ivan Teixeira, Luiz Azzini, Mário de Barros, Toninho da Sorveteria, Índio, Cássio Capellari e Ita, ressaltou a concretização do programa pela atual gestão. “Todos nós vereadores lutamos por isso. Eu, em especial por ser veterinário. Parabéns ao prefeito Helinho e sua equipe. Estamos juntos para mais ações como esta. A Câmara continuará trabalhando pelo bem estar e qualidade da saúde em nosso município”, garantiu.

Aparecida Galzerano Nicolete, uma das responsáveis pelo grupo que defende os interesses dos animais, disse que lutam há mais de 10 anos pela castração social. “Somente nesta gestão, com o prefeito Helinho Zanatta, que conseguimos realizar essa ação. A castração social é uma necessidade e hoje estamos iniciando mais um ciclo em prol aos animais”, afirmou.

Dos 120 animais chamados nessa etapa, 16 não compareceram e perderam a oportunidade da castração social, devendo fazer novo cadastro.

PROGRAMA – O programa, realizado com apoio da Câmara Municipal e grupos de defesa e proteção aos animais, atende à Lei Municipal 3.138, que tem entre os objetivos a esterilização de animais de famílias de baixa renda e consequentemente a redução da população de cães e gatos nas ruas, além de incentivar a posse responsável desses animais que serão identificados por meio da implantação gratuita de microchips.

Além da castração, os animais receberam também um microchip, que permite, de maneira simples, a identificação do animal que, se encontrado em vias públicas, poderá gerar advertência ao proprietário, baseado no Artigo 32, Capítulo V, da Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1988, o qual considera crime os maus tratos aos animais.

Os proprietários dos animais atendidos nesta primeira etapa foram orientados pelo Controle de Vetores, da Vigilância Epidemiológica, departamento da Secretaria Municipal de Saúde e Desenvolvimento Social, e retiraram os agendamentos na Secretaria de Saúde, quando também receberam orientações sobre o pré-cirúrgico.

Como o programa é social, o atendimento programado pelo Controle de Vetores priorizou proprietários de animais com renda menor, mas todos os cadastrados no ano passado serão atendidos. A intenção é que este importante programa de saúde pública atenda o maior número possível de animais.

  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.