1.200 animais já foram vacinados em São Pedro

Campanha continua neste sábado, com vacinação no Tiro de Guerra e na Escola Professor Benedito Modesto de Paula   [caption id="attachment_4631" align="alignnone" width="225"]vacinacaoraiva Isabel levou seus animais para tomarem vacina[/caption] [caption id="attachment_4632" align="alignnone" width="300"]vacinacaoraiva1 Aplicação continua este fim de semana[/caption]     A Campanha de Vacinação contra a Raiva de Cães e Gatos em São Pedro já imunizou 1.200 animais. Só no sábado passado, primeiro dia de vacinação na zona urbana, foram vacinados 640 animais, informa o médico veterinário da Secretaria de Saúde, Matheus de Melo Murbach. A ação tem continuidade este fim de semana. No dia 8, sábado, das 8h às 17h, a vacinação acontece no Tiro de Guerra (bairro São Tomé) e na Emeb Professor Benedito Modesto de Paula (BNH), no bairro Recanto. Nos dias 10 e 11 de novembro, segunda e terça, a vacinação será das 9h às 16h na Praça São Benedito. Já nos dias 12 e 13, terça e quarta, também das 9h às 16h, os animais podem ser vacinados na rua Maestro Benedito Quintino, em frente ao Parque Maria Angélica, no Centro.Também no dia 12, das 9h às 12h, uma equipe estará no Serra Verde para vacinar os animais. Na área rural, a equipe da Vigilância Epidemiológica, responsável pela campanha de vacinação, já percorreu os bairros Vertentes, Camargo 1 e 2, Santa Rosa, Graminha, Águas Claras, Chácaras São Paulo, Chácaras Primavera, Vista Alegre, região do Thermas, Limoeiro e parte do Floresta Escura . A estes bairros, a equipe não vai voltar. Os proprietários de áreas nestes bairros que estavam ausentes devem levar seus animais para serem vacinados nos postos da área urbana.   A expectativa da Secretaria de Saúde é vacinar 5.000 animais até 5 de dezembro. “Para atingir a meta, é de extrema importância que a população fique atenta para os dias em que a equipe de vacinação estará em seu bairro”, destaca Murbach. O veterinário explica também que não é possível entregar as vacinas aos proprietários dos animais, que precisam ser imunizados pelos integrantes da Vigilância Epidemiológica.   SAÚDE EM DIA – Isabel Martins levou seus três gatos e três cachorros para serem vacinados na última quarta-feira na Garagem Municipal. “Vacino todos os anos meus animais. É uma forma de manter a saúde deles e a nossa”, disse. Para ela, a vacinação é também um “ato de amor” com os animais que deve ser cumprido por todos os proprietários. A tabela completa com todas as datas da vacinação pode ser consultada no site da prefeitura (www.saopedro.sp.gov.br) Para receber a dose gratuita que garante a proteção aos animais, a recomendação é que os proprietários levem os cães presos em guias e os gatos em caixas de transporte, gaiolas ou fronhas. Em São Pedro, foram registrados em 2014 sete casos de raiva em herbívoros (6 bovinos e 1 ovino) na Zona Rural, transmitidos por morcegos. DOENÇA - A raiva é uma doença fatal infecciosa que pode ser transmitida aos seres humanos por animais suscetíveis ao vírus. A vacina é a única opção para prevenir a doença. A contaminação acontece quando a pessoa é mordida ou tem contato com a saliva de cães e gatos doentes. Pessoas mordidas, arranhadas ou feridas devem lavar bem o local com água e sabão e procurar o atendimento médico. Além disso, o animal deve ser observado por 10 dias em local isolado. No caso de qualquer mudança de comportamento, as autoridades de saúde deverão ser informadas.      
  • Publicar no Facebook
  • Publique um Tweet no Twitter
  • Enviar por e-mail
  • Copiar URL curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
VLibras botão
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo da Prefeitura de São Pedro pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.