(19) 3481.9200
23/02/2018

Viagem a Brasília garante mais R$ 2,9 milhões para saúde

Prefeito Helinho Zanatta garantiu verbas que serão usadas para equipamentos e custeio após encontro com parlamentares

O principal objetivo da viagem do prefeito Helinho Zanatta a Brasília foi cumprido: ele voltou a São Pedro com a garantia de liberação de R$ 2,9 milhões para a saúde. Os recursos, oriundos de emendas parlamentares e convênios com o Ministério da Saúde, serão usados para a compra de equipamentos e manutenção de serviços da rede municipal de saúde.

Com os recursos serão adquiridas duas novas ambulâncias: uma simples de remoção para a atenção básica e outra para transporte de passageiros entre as cidades da região. O custo estimado dos dois veículos é de R$ 400 mil.

Os recursos para os equipamentos também serão destinados para o Centro Especializado em Reabilitação, que será inaugurado em março em um amplo prédio localizado ao lado da Umis. Serão R$ 600 mil em equipamentos de alta tecnologia que vão garantir atendimentos de fisioterapia, eletroterapia, cinesioterapia e mecanoterapia.

Na área de equipamentos há ainda R$ 1 milhão reservado para equipamentos do Centro de Imagens que vai funcionar no Hospital São Lucas, a Santa Casa de São Pedro, após ampla reforma que fica pronta até abril. “Estes recursos vão garantir a compra de ultrassom novo, mamógrafo, raio-X digital, aparelho para endoscopia, colonoscopia, entre outros equipamentos de última geração.

Essas medidas fazem parte de uma nova visão da saúde, com estrutura muito melhor do que a verificada quando assumimos a administração da cidade”, disse o prefeito.

Outro destino dos recursos é a melhora na estrutura dos leitos de internação do Hospital São Lucas, que já estão em reforma. Os quartos vão ter camas elétricas e materiais para atendimento de urgências e emergências. A ideia é garantir, além de atendimento SUS, a oferta dos serviços aos convênios médicos, fato que vai garantir receita ao hospital.

CUSTEIO  – O pacote de recursos para a área da saúde vai garantir ainda  R$ 28 mil por mês para a manutenção do Caps( Centro de Atenção Psicossocial) que já tem cadastrados 260 atendidos. Chamados de pacientes-dia, eles fazem várias atividades no local, desde terapêuticas até avaliação médica. A equipe do Caps é formada por psiquiatra, psicólogo, terapeuta ocupacional, assistente-social, enfermeira, oficineira e assistente administrativa.

“A saúde é um importante setor que tem recebido atenção especial. Os convênios e recursos estão sendo liberados agora, mas é uma luta contínua iniciada quando assumimos a prefeitura e que conta com interlocutores importantes, como os deputados que fazem o meio de campo. O benefício maior é para o cidadão”, disse o prefeito Helinho Zanatta, que destacou o apoio recebido do deputado federal Ricardo Izar, autor de várias das emendas liberadas.

Translate »