(19) 3481.9200
10/05/2018

Vacinação contra a febre amarela é ampliada

Para atender determinação do Ministério da Saúde, a Prefeitura de São Pedro, por meio da Secretaria de Saúde, vai oferecer a vacina da febre amarela para toda a população, exceto casos em que não é recomendado o uso da vacina (leia abaixo). A vacinação será feita a partir deste sábado, Dia D da vacinação contra a gripe. As duas vacinas, para os casos indicados, podem ser tomadas no mesmo dia.

No sábado, a vacina contra a febre amarela será oferecida na Umis e na UBS São Dimas das 8h às 17h; na Unibasa (alto da serra), das 9h às 15h; nas UBSs Alpes das Águas, Bela São Pedro, Dorothea e na Santa Casa das 8h às 16h. A vacina da gripe também será aplicada nestes locais e na Feira do Produtor, das 8h às 12h.

Na Zona Rural, a vacinação será realizada na Emeb Celso Silveira Mello, no bairro Vertentes, das 8h30 às 9h45; em frente à creche Maria Amélia Pimentel, no bairro Floresta Escura, das 10h às 11h30; no ponto de ônibus do bairro Giocondo das 13h às 14h e na portaria do Condomínio Serra Verde das 14h30 às 15h30.

Nos outros dias, a vacinação ocorre de segunda a sexta-feira na Umis e UBSs São Dimas e Dorothea das 7h30 às 12h e das 13h às 15h30.

A medida é preventiva e tem como objetivo antecipar a proteção contra a doença para toda população em caso de um aumento na área de circulação do vírus.

Não podem tomar a vacina contra a febre amarela crianças menores de 9 meses de idade; gestantes; mulheres que estão amamentando crianças menores de 6 meses de idade; pessoas com alergia grave ao ovo; pessoas que vivem com HIV; pessoas em tratamento com quimioterapia ou radioterapia; portadores de doenças autoimune; pessoas submetidas a tratamento com imunossupressores e transplantados.

Responsável pela Vigilância Epidemiológica em São Pedro, Gislene Nicolau dos Santos, explica que a região continua não sendo considerada de risco. “A vacinação nesta região de São Paulo foi ampliada como medida de prevenção”, disse.

Os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia são os primeiros a estenderem a vacinação a todo o território. Serão contempladas 40,9 milhões de pessoas nestes Estados, segundo dados do Ministério da Saúde.

 

 

Translate »