(19) 3481.9200
20/04/2017

Serviço de Abastecimento de Água completa 110 anos no dia 21

No dia 21 de abril, o serviço de abastecimento de água de São Pedro completa 110 anos. Estudo sobre a história de São Pedro feito por Rodrigo Santos relata o feito: “Com grande alegria, em meio a muitos festejos, no dia 21 de abril de 1907 inaugurou-se o Serviço de Água em São Pedro”. O texto destaca também a exaltação dos habitantes locais ao verem jorrar pela primeira vez água pelas torneiras dentro de suas casas e cita as memórias do  juiz  Junio Soares Caiuby acerca da água encanada. “A água é abundantíssima, prestando-se para usos domésticos e sobrando ainda para a rega dos jardins, hortas, pomares”, destacou.

A narrativa indica também que entre 1902 e 1903 a Câmara Municipal solicitava em suas reuniões a vinda de engenheiros para o estudo da canalização da água em São Pedro, assim como a indicação do rio do qual seria retirado o precioso líquido para o abastecimento das casas locais. Após os estudos detalhados dos engenheiros Rogério de Andrade e Felicíssimo, e a escolha do Ribeirão Samambaia, com sua nascente ao pé da serra, para o abastecimento da água na cidade, teve início a obra.

Em 1906, as obras para o abastecimento e canalização da água começam a tomar fôlego com o pagamento do contrato à empresa que efetuaria o tão sonhado serviço e a ramificação dos canos que iam ganhando forma pelas ruas centrais da cidade.

O texto destaca ainda que devido aos grandes esforços realizados pelos membros da Câmara Municipal, por meio de seu Intendente Lima e Costa, em março de 1907, o Governo do Estado concedeu a isenção dos impostos para a retirada de todo o material importado, na alfândega de Santos, com destino às obras de canalização da água de São Pedro.

A obra de canalização da água foi considerada a obra de maior relevância e de maior custo para o caixa municipal de então.

Outro ponto salientado no texto sobre a história da cidade é que após a inauguração da Caixa de Abastecimento de Água, as obras continuaram com a finalidade de atender a todo o povoado. Em 1910, a municipalidade ainda gastava grandes somas de dinheiro para o frete dos canos e outros materiais necessários para a finalização da obra.

ABASTECIMENTO GARANTIDO –  Hoje, o Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro), atualmente presidido por Thiago Silva, que também é vice-prefeito, vive situação bem diferente da enfrentada há alguns anos, quando problemas no abastecimento de água  em São Pedro eram frequentes.

Com investimentos significativos – na casa dos R$ 10 milhões – realizados no sistema de abastecimento e obras como construção de reservatórios e melhorias na Estação de Tratamento de Água, a capacidade de tratamento e armazenamento de água aumentou.

“Hoje o Saaesp tem capacidade para tratar até 12 milhões de litros de água por dia, volume suficiente para abastecer com tranquilidade toda a cidade mesmo em períodos de grande movimentação, como feriados e férias”, destaca o presidente.

Para Thiago, a data deve ser lembrada como uma importante conquista para o município. “Foi um avanço significativo para a época e hoje queremos continuar a marcar a história com ações importantes relacionadas à água e também ao tratamento de esgoto”, disse, destacando a construção da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Samambaia, a primeira de grande porte a ser instalada no município.

Translate »