(19) 3481.9200
09/03/2018

São Pedro passa a ser categoria B no Mapa do Turismo Brasileiro

Avaliação feita pelo Ministério do Turismo mostra crescimento do setor no município; secretária Clarissa Quiararia comemora resultado

São Pedro é um dos 35 municípios classificados na categoria B entre os municípios paulistas que compõem o Mapa do Turismo Brasileiro elaborado pelo Ministério do Turismo. A atualização da categorização foi divulgada em fevereiro e mostra a mudança de categoria da Estância em relação à última avaliação, feita em 2015, quando São Pedro recebeu a categoria C.

A partir de quatro variáveis de desempenho econômico – número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem, estimativas de fluxo de turistas domésticos e internacionais – os municípios foram divididos por letras, que vão de ‘A’ a ‘E’. De acordo com a nova classificação do Ministério, houve crescimento da atuação do turismo em 358 municípios.

“Esse resultado mostra que a administração do prefeito Helinho Zanatta está na direção do desenvolvimento do setor. A mudança na classificação, motivo de comemoração, é fruto das atividades realizadas ao longo dos últimos seis anos”, destaca a secretária municipal de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Clarissa Quiararia, que aponta também as melhoras na infraestrutura urbana, nas atividades turísticas, no saneamento, acessibilidade e saúde como grandes aliados do fortalecimento do turismo em São Pedro.

“Esta melhora na classificação é um importante indicativo que nossa gestão adota as diretrizes certas. Avançar mais é sempre uma meta e um estímulo para manter desafios como este, de melhorar um setor, buscar mais investimentos e desenvolvimento para a cidade”, disse o prefeito Helinho Zanatta.

“A melhoria na classificação de vários destinos mostra que nossos municípios têm trabalhado cada vez mais para fortalecer sua atividade turística e reconhecem que esse é um caminho natural também para o fortalecimento das economias locais. No que diz respeito ao Ministério do Turismo, estamos atentos às demandas do setor como melhoria de infraestrutura, legalização e qualificação dos serviços”, avaliou o ministro do Turismo, Marx Beltrão, quando a nova classificação foi divulgada.

A nova categorização mostra também que 189 cidades subiram da categoria ‘E’ para ‘D’, tornando-as aptas a receber recursos federais para promoção de eventos. Segundo portaria 39/2017 do MTur, somente municípios classificados entre ‘A’ e ‘D’ podem pleitear apoio a eventos geradores de fluxo turístico. Ainda de acordo com a portaria, apenas 82 cidades ficarão de fora da lista de pleitos do MTur por descer de categoria, uma vez que deixaram a categoria ‘D’ e passaram para ‘E’.

O Estado de São Paulo tem 432 cidades no Mapa do Turismo Brasileiro: 10 deles na categoria A; 35 na B; 93 na C; 244 na D e 50 na E.

CONFIRA AS MUDANÇAS DE CATEGORIAS – As novas categorias estão disponíveis no endereço www.mapa.turismo.gov.br.

 

Translate »